Halloween

Como surgiu o Halloween

O Halloween não é uma tradição original americana, ela foi criada na Europa há mais de 2 mil anos pelo povo Celta, teve início nos antigos festivais celtas chamados Samhaim, que marcavam a passagem de ano e a chegada do inverno. Os Celtas acreditavam que do dia 30 de outubro a 2 de novembro os mortos voltavam a povoar a terra e viravam fantasmas! As pessoas só se atreviam a sair à rua mascaradas de assombrações, para passarem despercebidas.
Nos dias atuais o Halloween, ou Dia das Bruxas, é uma celebração popular de culto aos mortos comemorada anualmente no dia 31 de outubro. O termo tem origem na expressão em inglês “All Hallow’s Eve” (Véspera de Todos os Santos), pois é comemorado um dia antes do dia 01 de novembro. A cultura de celebração do Halloween é muito forte em países de língua anglo-saxônica, sobretudo nos Estados Unidos. Com o tempo, o feriado ganhou popularidade e hoje é comemorado, em grande parte do mundo. A tradição do Halloween foi levada pelos irlandeses aos Estados Unidos, onde a data é considerada feriado.

Símbolos do Halloween

A maioria dos símbolos característicos do Halloween possuem origem Celta eram usados para afastar maus espíritos, enquanto outros foram agregados com o tempo.

Cores: Halloween é associado com as cores laranja e preto pois o festival do Samhaim era comemorado no início do outono, quando as folhas se tornam laranjas e os dias são mais escuros.

Máscaras e fantasias: os celtas acreditavam que no dia do Samhaim, máscaras e fantasias ajudavam a enganar os espíritos, que não reconheciam os humanos e continuavam vagando pelo mundo sem incomodar. Atualmente, o Halloween é fortemente marcado por festas à fantasia que geralmente seguem a temática sombria de bruxas, zumbis, esqueletos, etc.

Esqueletos e fantasmas: para os celtas, os mortos assumiam, entre outras formas, a de esqueletos e fantasmas.

Morcegos: os festivais de Samhaim sempre envolviam o uso de fogueiras, que acabavam por atrair morcegos.

Gostosuras e travessuras: do inglês trick or treat, teve origem na Grã-Bretanha mas foi popularizado nos Estados Unidos nos anos 50. A atividade é voltada para crianças que, fantasiadas, batem de porta em porta perguntando “gostosuras ou travessuras?”. Caso a pessoa não dê algum brinde como doces ou dinheiro, as crianças fazem alguma travessura na sua casa.

Lanterna de abóbora: a lanterna de abóbora (do inglês Jack o’lantern) tem origem em um conto celta sobre um rapaz que foi proibido de entrar no céu e no inferno e vaga eternamente com sua lanterna em busca de descanso. A tradição de entalhar abóboras teve início nos Estados Unidos. Antes, os países de origem celta entalhavam nabos e inseriam velas no interior com o objetivo de afastar espíritos.

Exemplos de lanternas de abóbora (Jack o’lantern). A tradição dos celtas de inserir velas em nabos ocos foi levada para os Estados Unidos, onde as abóboras grandes e macias se tornaram a melhor opção. O costume, que antes se limitava a entalhar rostos nas abóboras, atualmente envolve diversos formatos.

3840×2400-halloween-4k-hd-4k-wallpapers-images-backgrounds-photos-and-pictures.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

RECEBA NOSSAS OFERTAS E NOVIDADES EXCLUSIVAS


CONTACTO