Os 10 cemitérios mais bonitos do mundo

1. Cemitério Waverley – Austrália

Australianos influentes, tais como o poeta Henry Lawson e a escritora Dorothea Mackellar, estão enterrados neste cemitério, que tem uma grande colecção de mausoléus inspirados na era vitoriana. Veteranos de guerra estão também a descansar eternamente em Waverley, que se situa perto de falésias em Sidney, o que torna o local encantador.

2. Cemitério Okunoin – Japão

Este é um lugar sagrado para os budistas, pois é aqui que os restos mortais de Kobo-Daishi, fundador do budismo Shingon, estão localizados num mausoléu adornado com 10.000 lanternas japonesas. Okunoin é o maior cemitério do Japão, com mais de 200.000 sepulturas e 100 templos. A sua beleza encontra-se na natureza: encontra-se no meio da floresta do Monte Koya, o que torna o local ainda mais agradável para passar a eternidade.

Para além da beleza, Okunoin serve de espaço para protestos invulgares: o cemitério tem memoriais dedicados às térmitas mortas por pesticidas e ao peixe bufo que se tornaram uma refeição, por exemplo. Também aloja um foguetão, para homenagear os empregados de uma empresa aeroespacial.

3. Cemitério Alegre – Romênia

Na cidade de Sapanta, existe um cemitério com lápides coloridas. Contudo, não se deixe enganar pela beleza do lugar: apesar das cores, os epitáfios trazem segredos podres sobre as pessoasenterradas ou sobre a forma como morreram. A tradição começou em 1935, com o escultor Stan Ioan Patras: na lápide de um notório bebedor, há o desenho colorido de um homem com uma garrafa na boca e um esqueleto a puxar-lhe as pernas, por exemplo. Neste cemitério, os últimos a rir são os vivos.

4. Cemitério da Catedral de Santo André, St. Andrews, Escócia

Erigida nos séculos XI e XII, a Catedral de Santo André foi a maior catedral escocesa durante vários séculos. No entanto, a guerra, o fogo e a tempestade contribuíram para que fosse reduzida às ruínas que encontramos no cimo de um penhasco ventoso com vista para o Mar do Norte, rodeada por um cemitério austero. Os fãs de golfe podem visitar a sepultura do jogador profissional Young Tom Morris, os adeptos de cultura podem apreciar as esculturas medievais do museu e os caça-fantasmas podem tentar avistar um dos vários espíritos que, alegadamente, assombram o local.

5. Cemitério Highgate – Inglaterra

Em Londres, este é um cemitério imperdível para turistas que apreciam a arquitectura vitoriana ou gótica. O paisagismo natural também ajuda a embelezar o local, que tem cerca de 170.000 corpos enterrados, sendo o filósofo Karl Marx o mais famoso. Algumas zonas de Highgate têm estilos próprios, como a Avenida Egípcia e o Círculo do Líbano. Também é possível fazer uma visita guiada, por marcação.

6. Recife de Memorial de Netuno – Estados Unidos

O único cemitério subaquático do mundo situa-se na costa da Florida e consiste num recife artificial submerso a 12 metros de profundidade. Muitas pessoas pedem que as suas cinzas sejam atiradas ao mar sobre o Memorial de Neptuno, e os mergulhos são permitidos com agências de turismo. O local é uma representação da cidade de Atlântida, tal como descrito por Platão.

7. Cemitério de Père Lachaise – França

Com cerca de 2 milhões de visitantes por ano, este é o cemitério mais famoso do mundo. Pode também: aqui estão personalidades como Oscar Wilder, Edith Piaf, Jim Morrison, Allan Kardec, Molière, Maria Callas, Chopin, Auguste Comte, Amedeo Modigliani, Marcel Proust, entre outros. Foi inaugurado em 1804, em Paris, e tem mais de 1 milhão de pessoas enterradas.

8. Túmulo dos Poetas – Irã

Maqbaratol Shoara, popularmente chamado o Túmulo dos Poetas, é um mausoléu iraniano no qual se encontram os restos mortais de algumas das mentes mais criativas do país. Data de 1072, mas sofreu uma remodelação em 1970, com um monumento que chama a atenção para a modernidade das linhas.

9. Cemitério Zentralfriedhof – Áustria

O segundo maior cemitério da Europa está localizado em Viena e tem até uma linha interna de autocarros para ajudar os turistas a passear ao longo de todo o seu comprimento. É tão grande que os carros podem circular em algumas áreas, que têm divisões para budistas, judeus, mórmons e muçulmanos. Entre as personalidades enterradas encontram-se compositores clássicos como Beethoven, Schubert e Strauss.

10. Cemitério dos Prazeres – Portugal

Cemitério dos Prazeres é considerado o mais elitista dos cemitérios portugueses, onde estão enterrados grandes nomes da História de Portugal, atores, cantores, políticos e aristocratas. E, para além de cemitério, é considerado um museu ao ar livre , por conta sobretudo das obras arquitetónicas e da escultura funerária , que pode ser visitado por qualquer pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

RECEBA NOSSAS OFERTAS E NOVIDADES EXCLUSIVAS


CONTACTO